Potência do motor, consumo de combustível e condições de pagamento são alguns dos itens observados na hora de comprar um carro. Mas e a direção? Tão importante quanto esses itens, a direção é um fator decisivo para a compra. Muita gente torce o nariz quando vê pela frente um carro sem direção elétrica, eletro-hidráulica ou hidráulica. Mas você sabe a diferença entre as três?

A direção elétrica, por exemplo, não é conhecida pela  maioria das pessoas, mas muita gente tem usa sem saber. Um dos modelos mais populares com direção elétrica é o Citroen C3. Quem a já dirigiu esse carro sabe que a direção é mais leve que a de outros veículos com direção hidráulica. Saiba abaixo a diferença entre os três tipos de direção.

Direção hidráulica

Esse sistema é o mais antigo e popular, e funciona da seguinte forma. Uma bomba impulsionada pelo motor faz circular óleo dentro da caixa de direção, deixando o volante mais leve. O engenheiro mecânico Renato Romeu explica que o óleo faz pressão na hora de realizar a manobra. “É como se dois pistões empurrassem a direção para um lado e para o outro”.  A manutenção da direção hidráulica deve ser periódica, com troca de óleo e correias de tempos em tempos.

anuncio_pema

Esse tipo de direção é mais recomendado para os novos motoristas.  Com a direção hidráulica é mais fácil desenvolver manobras, como a baliza, por exemplo, pois tem o volante mais ‘pesado’. O condutor iniciante também consegue calcular a força a ser aplicada no volante para desenvolver as manobras.

Direção elétrica

Pouco conhecida, mas muito usada, esse modelo funciona da seguinte maneira. Ao ligar o veículo, o volante envia sinal para um módulo eletrônico que aciona o motor elétrico, que funciona no lugar da bomba e não depende do motor. Esse sistema dispensa o uso de óleo,  bomba, correia e mangueira, acessórios usado na direção hidráulica. A direção elétrica ainda auxilia o motorista a realizar manobras mais precisas.

Leia também: Quais fatores considerar na hora de escolher a loja para comprar seu carro usado

Outro ponto positivo da direção elétrica é a economia de combustível, gerada a quando o motor elétrico entra em ‘Stand-By’, quando o motorista está dirigindo em uma estrada reta, sem mexer muito no volante. Além disso, o sistema tem sensores que informam a velocidade e a rotação aplicada pelo motorista ao volante a uma central de controle.

A direção elétrica é mais recomenda para o motoristas com mais experiência, mas não quer dizer que um novo motorista não possa usá-la com segurança.

Direção eletro-hidráulica

Se já é difícil conhecer a direção elétrica, o que dizer da direção eletro-hidráulica. Como o nome já diz, esse sistema é uma união da direção elétrica e hidráulica. Neste caso a bomba hidráulica é impulsionada pelo motor elétrico, e não pelo motor do carro. Ela é tão leve quanto a direção elétrica e hidráulica e requer cuidados especiais, como troca de óleo e de correias.

Qual é a melhor opção?

A diferença para quem dirige não é muito grande. Há quem experimente a direção elétrica e nunca mais queira a hidráulica, e também há quem não troque a hidráulica por nada. Mas existem alguns critérios que devem ser levados em consideração. Veja a seguir.

A direção elétrica gerencia melhor a energia do carro, exige menos potência do motor e é mais eficiente. Gera economia de combustível, mas não é sensível ao bolso do motorista, no entanto é mais sustentável. Já falando em manutenção, caso a direção elétrica pare de funcionar, ela ficará dura, mas o motorista continuará tendo controle do veículo. É importante que nas manutenções regulares seja feita uma análise dos sensores e atuadores de direção elétrica.

google-728x90B

Já na direção hidráulica, é preciso ter cuidado com os vazamentos, que ocorrem principalmente nas mangueiras de baixa e alta pressão e na caixa da direção hidráulica. Eles ocorrem, na maioria dos casos, pela falta de substituição do fluido hidráulico. O motorista também deve checar regularmente o nível do reservatório. Se o óleo estiver acima ou abaixo do nível, a direção ficará pesada. Além da troca do fluido hidráulico é importante fazer o alinhamento e a troca da correia do motor que aciona a bomba hidráulica.

Principais carros com direção elétrica

Aqui vão alguns dos carros com direção elétrica. Fique de olho na hora de comprar o seu próximo carro: New Civic, Corolla, Citroen C3, Audi, Hyundai i30, Kia Sportage, entre outros.

Leia também: Quanto tempo leva a aprovação do financiamento de carro?

Leia também: Pemavel é destaque imprensa como uma das empresas mais inovadoras