Dentre os inúmeros gastos que acompanham a compra e conservação de um veículo, como impostos, revisões, seguro e manutenção, o combustível certamente é o que mais pesa no orçamento. E as perspectivas não são muito boas com o constante reajuste da gasolina. Esse cenário tem levado muitos consumidores a avaliarem as vantagens e desvantagens dos carros a gás.

Dentre as possibilidades de economizar na hora de manter os veículos rodando, a opção de transformá-los em carros a gás pode ser uma boa saída. Para ajudar nessa decisão, vamos conhecer as vantagens e desvantagens dos carros a gás.

Como funcionam os carros a gás

Antes de decidir se carros a gás são um bom investimento, é importante entender o que são carros a gás e como funciona esse sistema. GNV (Gás Natural Veicular) é um tipo um combustível alternativo aplicado sob alta pressão em veículos através de cilindros especiais. O GNV pode ser utilizado em quase todos os carros movidos à combustão com carburador ou sistema de injeção eletrônica. Sem aditivos ou variações, GNV é o combustível mais puro encontrado nas bombas dos postos.

Imagem para ilustrar o texto sobre Vantagens de ter um carro a gás

O Kit Gás, por sua vez, é o sistema instalado no carro para receber este tipo de combustível: o Gás Natural Veicular. O conjunto do sistema consiste em cilindros carregados de GNV que ficam no porta-malas do carro, com conexão para o motor do veículo. Como hoje não existem mais carros a gás direto de fábrica no país, é necessária a adaptação com a instalação do kit.

Para instalação do kit gás, o motorista deve levar o carro para uma oficina certificada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), onde o kit será incorporado no carro, processo que leva em média um dia. O kit com a instalação varia de acordo com o tipo a ser usado, já que há diferentes gerações do sistema disponíveis. Em média, varia entre R$ 3.000 e R$ 7.000.

Vantagens de ter um carro a gás

  • ECONOMIA

Se o principal motivo para aderir aos carros a gás são os altos gastos com abastecimento, consequentemente, a economia é a principal vantagem dos modelos. O preço do GNV costuma ser bem mais barato do que a gasolina ou etanol, sendo o combustível disponível mais vantajoso neste ponto.

Além disso, carros a gás apresentam maior rendimento, a economia com uso do GNV em comparação à gasolina varia entre 43% e 58% (de acordo com o preço na bomba), e de 44% a 66% em comparação ao etanol.

  • SUSTENTABILIDADE

No atual cenário de escassez dos recursos naturais e das fontes de energia convencionais, toda mudança é bem vinda. E carros a gás poluem menos! Isso porque a queima do gás é mais completa que a dos combustíveis líquidos, como a gasolina e o álcool, porque a combustão acontece com excesso de ar, liberando mais água do que gás carbônico. Com isso, carros a gás apresentam emissão de gases poluentes 15% menor que o etanol e 20% menor do que a gasolina.

Além disso, formado por uma mistura de hidrocarbonetos leves, o GNV é mais “limpo” e mais leve que o ar, por isso apresenta menor queima. Assim, eventuais vazamentos dissipam-se mais rapidamente, reduzindo o risco de explosões e incêndios.

  • CONSERVAÇÃO

O GNV possui um nível baixíssimo de resíduos, o que resulta em melhoria na conservação das peças e do sistema como um todo. O sistema de injeção fica sempre mais limpo, porque o gás não permite acúmulo de resíduos nos bicos injetores. O óleo lubrificante do motor também dura mais tempo, já que ele não se mistura com o gás. E o escapamento de carros a gás pode ganhar 20% mais vida útil por não haver acúmulo da água que existe na gasolina e no etanol.

  • TRIBUTAÇÃO

Também nessa onda verde de pegada ecológica, muitos estados incentivam a circulação de carros a gás oferecendo reduções ou isenções fiscais. Segundo a Secretaria da Fazenda, veículos que utilizarem motor especificado para funcionar exclusivamente com gás natural, álcool ou eletricidade, ainda que combinados entre si, possuem desconto na alíquota do IPVA.

  • INTEGRIDADE

Diferentemente dos outros tipos de combustível, o GNV não pode ser adulterado. Ele é encontrado acumulado nas mesmas jazidas de onde se extrai o petróleo. É então encanado e distribuído diretamente para os postos, inviabilizando a adulteração.

Assim, a qualidade do GNV utilizada no kit gás é garantida, sendo apenas retiradas algumas impurezas e umidade. Sendo a conservação da integridade também responsável pela qualidade do combustível que resulta nos ganhos em conservação e manutenção dos carros a gás.

Mitos sobre carros a gás

Imagem para ilutrar o texto sobre Vantagens de ter um carro a gás

A falta de informação e conhecimento sobre carros a gás criaram alguns mitos que precisam ser esclarecidos. Primeiro devemos excluir qualquer dúvida quanto a segurança dos carros a gás. Se a instalação do kit GNV for feita de acordo com as normas, não há risco de explosão – ou combustão.

É importante salientar que os acidentes que envolvem carros a gás estão ligados a modificações realizadas sem conformidade com a lei ou a norma vigente. Daí a importância de fazer a adaptação somente em locais certificados. Também se costuma dizer que carros a gás perdem muita potência do motor, o que de fato acontece, mas com o desenvolvimento de novas tecnologias já se conseguiu reduzir a perda em apenas 3%. Pode-se comparar com a mesma perda gerada pelo uso do ar condicionado.

Ainda há quem acredite que carros a gás perdem praticamente todo espaço do porta-malas, o que não é mais uma realidade. Além dos tamanhos dos kits serem variados, o suporte para cilindro pode ser instalado no porta-malas, caçamba (pick-up) ou por baixo do carro. Os três processos de fixação devem estar em conformidade com a Norma Brasileira NBR 11353-5.

Como vimos, o GNV é considerado um combustível mais eficiente que a gasolina, o etanol e o diesel em praticamente todos os sentidos: é mais econômico, menos poluente e proporciona maior autonomia ao veículo.

Para saber se realmente vale o investimento na adaptação de carros a gás você deve calcular qual a sua média de rodagem e quantos quilômetros serão necessários para recuperar o investimento. Afinal, quanto maior for a rodagem, mais rápido o investimento será recuperado, passando a gerar lucros.

Esperamos que este texto tenha esclarecido as suas dúvidas sobre o carro a gás. Não esqueça de compartilhar com seus amigos e até a próxima!