Fazer um check list veicular pode parecer uma tarefa simples e desnecessária, afinal, muitos acreditam ter noção real da importância de cada item do seu automóvel e saber tudo que precisa ser checado com frequência. Entretanto, essa falsa certeza muitas vezes é a principal culpada para que seu carro apresente grandes problemas ou até mesmo baixe o rendimento. Não apenas quando você está prestes a viajar, mas sempre que for realizar revisões, ter um check list veicular detalhado do que precisa ser analisado é extremamente importante – e necessário.

Parece até irônico comparar, mas talvez seja um bom exemplo para você compreender na prática o quanto às vezes a gente acaba não dando conta de itens importantes. Você já parou para perceber como acaba esquecendo de compromissos ou tarefas cotidianas? Com certeza em algum momento você já acabou lembrando em cima da hora ou até mesmo deixando de ir em alguma reunião, festa ou até mesmo consulta médica marcada com antecedência. Se você disser que não, ou está mentindo, ou provavelmente você possui uma agenda ou alguém que lhe avisa sobre as tarefas agendadas.

Leia também: As diferenças entre amortecedor pressurizado e amortecedor convencional

Um check list veicular serve justamente para que esquecimentos comuns deixem de ocorrer. Até porque no caso do seu carro, um esquecimento pode acarretar em problemas mecânicos ou elétricos graves. Se na sua vida diária, esquecer uma reunião é facilmente resolvível com apenas um novo agendamento, com seu veículo talvez essa opção até possa existir, mas acabará pesando no seu bolso. Então se você não quer correr o risco de ter prejuízos ou acabar ficando com seu carro parado por aí, continue lendo esse texto e veja alguns itens que você precisa incluir no seu check list veicular!

1 – De olho na elétrica e na mecânica

Quando pensamos em um check list veicular os primeiros itens a serem revisados e que precisam estar sempre em bom estado são os relacionados à elétrica e à mecânica. Ninguém deseja ter prejuízos com peças do carro quebradas ou mau funcionamento de sistemas do veículo, não é mesmo?

Check list veicular

Se você vai viajar, está comprando um carro novo, ou simplesmente quer ter o controle do que precisa ser observado em uma oficina, abaixo separamos alguns itens relacionados à elétrica e mecânica que devem ser analisados sempre:

  • Alinhamento de direção;
  • Rodízio de pneus;
  • Correias do motor;
  • Bateria e radiador;
  • Nível de fluidos (óleo do motor e do freio, água do radiador, água do limpador, gasolina do tanque de partida);
  • Palhetas e limpadores do para-brisa;
  • Velas e cabos;
  • Sistema de freios;
  • Faróis e lâmpadas;
  • Ar Condicionado;
  • Filtros de ar, óleo e combustível;
  • Injeção;

Leia também: Vai retificar motor do carro? Tire suas dúvidas

2 – Equipamentos de segurança

A segurança precisa ser também um foco dos motoristas ao criarem um check list veicular. Os equipamentos de segurança dos automóveis são essenciais para garantir ao motorista auxílio em situações adversas ou até mesmo evitar problemas em blitz.

Normalmente esses itens são os mais fáceis de serem esquecidos por não precisarmos usá-los no dia a dia. Porém quando precisamos deles, fazem falta e podem, inclusive, salvar vidas.

Alguns itens são obrigatórios, como triângulo, chave de roda e estepe dentro dos parâmetros de pneu saudável. A ausência destes itens gera infração grave, cinco pontos na CNH e multa de R$ 195,23.

Check list veicular

Há quatro anos o extintor de incêndio deixou de ser obrigatório. Contudo, existe um projeto de lei em tramitação no Senado Federal que pretende restabelecer a instalação obrigatória. Caso você possua em seu carro extintor de incêndio e queira mantê-lo em dia, é importante averiguar se o mesmo está dentro da validade. Caso contrário, é importante comprar um novo.

Outros itens precisam estar presentes no check list veicular quando o assunto é segurança, entre eles o sistema de alarmes, trava de portas e o estado dos cintos de segurança. Muitos motoristas acabam negligenciando o uso do cinto de segurança pelos passageiros no banco de trás. É comum esses equipamentos apresentarem, inclusive, defeitos. É extremamente importante e obrigatório que todos os cintos estejam funcionando, não apenas para evitar multas, mas principalmente complicações em acidentes.

3 – Revestimento Automotivo

Apesar de não ser entre os aspectos acima um dos mais preocupantes aos motoristas, o revestimento automotivo tem sua relevância para manter o conforto do seu carro e, claro, evitar que ocorra lesões aos passageiros. Anda sentindo dores após dirigir ou um cheiro forte dentro do seu veículo? Então talvez esteja na hora de dar uma atenção especial ao revestimento do seu carro.

É bom ficar atento aos seguintes aspectos:

  • Revestimentos dos bancos;
  • Revestimento do teto;
  • Revestimento das portas;
  • Forro do piso e porta-malas.

Leia também: Saiba como identificar um vazamento de água no motor do seu carro

4 – Documentação

Agora que você já fez um check list veicular com itens relacionados ao seu veículo, está na hora de se atentar também às suas responsabilidades enquanto motorista. Não adianta você ter um carro totalmente revisado, com elétrica, mecânica, segurança e revestimento em dia, mas estar com débitos no Detran, não é mesmo?

Check list veicular

Já imaginou investir uma boa grana com manutenções do seu veículo e acabar perdendo seu carro temporariamente por não ter quitado o licenciamento? Saiba que atrasar o licenciamento veicular, além de acarretar em multa, também pode levar a apreensão do seu carro.

Então verifique sempre:

  • Pagamento do IPVA;
  • Certificado original de licenciamento anual;
  • Validade da Carteira Nacional de Habilitação;
  • Seguro DPVAT;
  • Pagamento de multas;

Leia também: O carro está emitindo sons estranhos? Saiba o que pode ser

Esperamos ter lhe ajudado a montar o seu check list veicular de maneira completa e eficaz. Mais do que saber dirigir, um bom motorista é àquele que cuida bem do seu carro e, claro, se mantém em dia com o Detran. Além disso, manter seu veículo com revisões feitas e com manutenções periódicas torna-o um carro com grande potencial de valorização se amanhã você decidir vende-lo.

Se você gostou desse conteúdo, não deixe de compartilhar nas suas redes sociais e auxiliar mais pessoas a montarem um check list veicular.

Até a próxima!