Cheirinho de carro novo é uma delícia, mas, infelizmente, não dura para sempre. O tempo vai passando, e o mau cheiro no carro começa a aparecer. Muitos podem ser os motivos, como restos de comida, suor, animais domésticos e até umidade, mas, a boa notícia, é que existem maneiras de minimizar este incômodo.

Como vimos, o mau cheiro no carro pode ser causado por várias razões e cada uma necessita de um cuidado específico. É impossível listar todas as causas, mas neste texto você encontrará as mais comuns e algumas maneiras de lidar com elas. E lembre-se: o mau cheiro no carro pode indicar algum problema sério no veículo e até mesmo causar danos graves à saúde, por isso, fique atento.

Mofo e umidade

Se ao ligar o ar condicionado você sente o cheiro de mofo, provavelmente o sistema foi tomado por bolor. Naturalmente a umidade se acumula no evaporador do ar condicionado, abrigando resíduos de mofo. Uma dica bastante eficiente é executar o ventilador em alta velocidade (com o ar condicionado desligado) para que o compartimento seque, eliminando o mau cheiro do veículo.

No entanto, esta prática não garante que o problema seja eliminado de vez, especialmente se o mau cheiro no carro for causado por um entupimento no tubo de drenagem, impedindo que a água escorra para baixo do veículo. O cheiro de mofo também pode ser causado por tapetes ou bancos que não foram secos de forma adequada.

Odores adocicados

Se o mau cheiro do carro for doce, parecido como um caramelo, cheque se o líquido de arrefecimento está vazando. Se o cheiro aparecer alguns minutos depois que você desliga o veículo, aja imediatamente.

Este odor pode indicar que o líquido de arrefecimento está vazando de alguma peça como o radiador ou a mangueira do aquecedor. Este problema é grave, e uma boa ideia é levar o carro para as mãos de um profissional.

Agora, se o mau cheiro no carro vier do lado de fora, pode ser que a tampa do radiador esteja com vazamento ou que a peça em si esteja com problemas. Se o cheiro vem de dentro do automóvel, talvez o aquecedor central esteja com defeito.

Veja também: Com que frequência devo fazer troca de óleo no meu carro?

Cheiro de Queimado

Se o mau cheiro no carro for de queimado, fique atento: o óleo pode estar vazando em uma parte aquecida do motor ou em algum lugar no escapamento do veículo. Pise leve na embreagem e no freio, se o cheiro de queimado aparece quando você utiliza as marchas do carro, provavelmente o problema é na embreagem ou pastilhas.

Evite pisar na embreagem com muita força. Este movimento causa uma fricção no revestimento da peça, fazendo com que ela patine. Fazer muita força no freio também não é indicado, pois o superaquecimento das pastilhas pode causar cheiro de queimado.

Reduzir a marcha pode ajudar. Seu freio também pode estar travando, porque um pistão das pinças dele pode ter ficado preso. Outra possibilidade é ver se você não dirigiu com o freio de mão levantado. Uma maneira de verificar as pastilhas de freio é vendo se alguma das rodas está quente. Caso contrário, talvez seja a embreagem que está superaquecendo e causando mau cheiro no carro.

Enxofre

Se o mau cheiro no carro for semelhante a enxofre ou ovos podres, provavelmente a causa principal é no motor ou conversor, e você precisará levar o veículo a um mecânico.

Geralmente, o cheiro de enxofre indica um problema com o conversor catalítico, que provavelmente precisará ser alterado. Para resolver, a peça é cortada nas duas extremidades depois que o motor esfria. Em seguida, ela é substituída por uma nova.

Borracha ou óleo queimado

O cheiro de borracha queimada é bem comum, e pode ser uma mangueira solta. É possível que a mangueira esteja tocando uma parte do motor quente, provocando o cheiro de queimado. Se o odor for mais parecido com óleo, pode ser um selo do virabrequim vazando. Nesse caso, é provável que você também veja óleo no piso abaixo do carro.

Elétrico

Cheiro de fio queimado é um sinal de que algum componente elétrico ou isolamento está danificado. Leve os odores desta natureza a sério, pois curto circuitos e sobreaquecimentos são fontes comuns de incêndio.

Gás

É natural o carro emitir um cheiro de gasolina assim que o motor frio é ligado. Mas, se o cheiro for de fumaça já com o motor quente, é possível que a tampa de gás esteja solta, ou o sistema de controle de emissões esteja entupido ou com vazamentos.

Leia mais: 6 atitudes que podem estar ‘matando’ o seu veículo (segredos para manter o carro novo)

Agora, se o mau cheiro no carro não tem relação com problemas mecânicos,  saiba que existem maneiras de restaurar (pelo menos um pouco) o cheiro de carro novo. Abaixo, vamos te dar algumas dicas que farão o seu veículo cheirar um pouco melhor:

O bicarbonato de sódio é um excelente aliado para quem quer remover odores do carpete e estofados. Remova o excesso de sujeira e borrife o produto por cima. Em seguida esfregue a área e deixe agir por algumas horas. Para finalizar, aspire o local.

O carvão também absorve odores, por isso, se você deixar um pedaço dentro do veículo por cerca de dois dias, ele absorverá bastante o mau cheiro no carro. Além do bicarbonato e carvão, uma outra alternativa é a baunilha e outras essências em bolas de algodão espalhadas pelo carro, funciona muito bem.

Estas são dicas valiosas que ajudarão a manter o seu carro com cheiro de novo por mais tempo. Gostou do nosso artigo? Então, não esqueça de compartilhar em suas redes sociais. Até a próxima.