Há muito tempo os carros voadores já pairam no imaginário popular. Tema recorrente da ficção científica, os carros voadores já existem no mundo real e num futuro muito próximo você poderá estar voando com eles!

Não é de hoje que os cientistas e pesquisadores olham para o céu procurando solução para os problemas da Terra. De viagens interplanetárias em busca de um ambiente semelhante ao nosso até voos curtos para solucionar problemas mundanos com mobilidade, o futuro está sob as nossas cabeças.

Você que nasceu no século passado e mal se acostumou a viajar de avião ainda vai se surpreender muito com a tecnologia. Em pouco mais de 100 anos a humanidade evolui em tal velocidade que vivemos numa realidade em que carros voadores existem e você pode se comunicar com qualquer pessoa em qualquer canto do planeta com apenas um aparelho de 4 ou 5 polegadas.

Leia mais: Saiba quais são as vantagens e desvantagens do carro híbrido

Como são os carros voadores?

Bom, como já dissemos os carros voadores já existem, mas eles fogem um pouco do conceito de carro que temos hoje. Apesar de se assemelharem a ideia e poderem até num futuro não tão próximo funcionarem tanto em terra como no ar, os modelos de carros voadores que falamos hoje estão mais próximos de helicópteros e aeronaves.

Os protótipos em desenvolvimento atualmente, chamados de eVTOLs (sigla para veículos elétricos de pouso e decolagem vertical) são uma mistura de helicópteros com drones que funcionam a base de energia elétrica. Projetados para voos curtos, os eVTOLs nascem para atender a demanda de transporte urbano, ajudando a melhorar a mobilidade nas cidades.

Devido ao uso da eletricidade, os modelos são mais baratos, menos poluentes e mais silenciosos. Tudo isso para proporcionar um transporte eficiente e confortável, com baixo ruído e zero emissões de carbono. Os carros voadores vão voar na camada entre o topo dos prédios e o controle de tráfego aéreo, coexistindo com os helicópteros e drones. Até 2035 estas aeronaves serão operadas por pilotos e só depois desta data espera-se que as versões inteligentes e autônomas se tornem dominantes.

A movimentação das fabricantes têm despertado o interesse de grandes empresas e movimentado milhões no mercado de transporte aéreo. Acredita-se que até será possível que uma pessoa compre um eVTOL, como aqueles que têm seus próprios jatinhos. Mas esse tipo de compra não deve ser comum, já que esse não é o objetivo principal dessas aeronaves. O foco é a aquisição por empresas, que vão operar os “carros voadores” no transporte de pessoas.

A ideia é que os voos sejam oferecidos de modo similar aos aplicativos de transporte. De tal forma que, além das empresas que já encomendaram unidades, existem empresas interessadas em adquirir horas de voo para comercializá-las através de sistemas de reserva e atendimento, por exemplo.

Leia mais: Tudo o que você precisa saber sobre carro elétrico

Carros voadores já existem no Brasil?

Os primeiros modelos de carros voadores já existem no Brasil e passaram nos testes, entrando na fase de demonstrações e aprimoramentos. Para operar uma rede de eVTOLs precisará, além dos veículos, de um sistema de gerenciamento do tráfego aéreo e de comunicação, além daqueles que vêm sendo chamados de vertiportos, locais onde eles pousarão para pegar passageiros e, eventualmente, para passar por manutenção e troca de baterias.

Entre as empresas aeronáuticas mundo afora, a Embraer está em uma posição avançada, pois tem contratos com outras empresas para atuar em grandes centros urbanos, como Londres (Inglaterra), Bangkok (Tailândia), Manila (Filipinas), Melbourne (Austrália), Singapura e Tóquio (Japão). A previsão da empresa é que os modelos começam a circular em 2026.

A Embraer, por meio da Eve, tem 735 eVTOLs encomendados — somando veículos vendidos diretamente e veículos para atender contratos de horas de voo. Os principais compradores são operadoras de helicópteros, empresas de táxis aéreos e de compartilhamento de aeronaves.

Leia mais: 6 carros clássicos brasileiros que deixam saudades e marcaram época

Testes para primeira rota para “carros voadores” da Embraer no Brasil

Tanto os carros voadores já existem que a primeira rota área urbana do Brasil já está em teste no Rio de Janeiro. O Eve Experience simula a experiência que os passageiros terão quando o serviço estiver disponível, num futuro bem próximo. A Embraer, através da sua startup Eve Urban Air Mobility, realizou voos de teste com um protótipo em tamanho reduzido.

Para a simulação e testes de rota serão usados helicópteros convencionais, e o objetivo é justamente antecipar e coletar dados sobre como será a operação, o funcionamento do serviço, a experiência dos passageiros, preços das viagens, tempo de deslocamento, controle do tráfego aéreo entre outros.

Qualquer um que tenha interesse poderá participar da simulação de Mobilidade Aérea Urbana. Os voos estarão disponíveis até 6 de dezembro de 2021. A passagem custa a partir de R$ 99,00 e pode ser adquirida pelo site ou aplicativo da Flapper, que é uma plataforma de voos executivos sob demanda (tipo um de “Uber” dos aviões e helicópteros).

Leia mais: Veja os carros dos jogadores de futebol: CR7, Messi, Neymar e outros

E se meu carro voasse…

Já o sonho de veículos de transporte terrestre e aéreo está mais distante da realidade. Os fabricantes lutarão por muitos anos uma árdua batalha para conseguir certificações junto às agências reguladoras, principalmente no que tange às exigências de segurança. Isso porque há uma limitação ainda intransponível em ter um modelo que consiga aprovação nos crash tests, para rodar em estrada e que, ao mesmo tempo, seja leve o suficiente para decolar.

O caminho para chegarmos à quimera do carro voador passa por uma lógica inversa do que imaginamos: não são os carros que voarão, mas as aeronaves que rodarão em vias e estradas. O Liberty é o primeiro giroplano capaz de rodar em terra a obter certificação pela Agência Europeia de Segurança Aeroviária (EASA). Ele leva apenas dois ocupantes em curtos voos que estão muito longe de impressionar.

Para além de projetos – no melhor estilo cientista maluco – que temos hoje em dia de carros voadores, o uso de drones de médio e grande porte para o transporte de passageiros tem muito mais chances de se consolidar. Além das aplicações de táxi aéreo, os eVTOLs também podem ser usados para emergências médicas, serviços de entregas/delivery, uso pessoal e militar.

Leia mais: Séries sobre carros disponíveis no Netflix

É, como vimos os carros voadores já existem, no momento você pode ter uma experiência simulada de como funcionarão, mas num futuro muito próximo eles estarão sobrevoando os céus das grandes cidades. Talvez a realidade não seja exatamente como você imaginou, afinal ainda não estamos falando em carros com asas, mas quem sabe do que o ser humano é capaz de inventar? Achou essa notícia bacana? Compartilhe com seus amigos!